domingo, 8 de maio de 2011

Dar graças

Não sou de maneira nenhuma fanática da cultura americana, mas sempre admirei a celebração do Dia de Acção de Graças. Acho bonito que o feriado ou a festividade mais importante para um povo seja um dia em que se dá graças pelo que se tem.

Hoje senti uma vontade muito grande de dar graças pelo que tenho. Vontade e necessidade.


Dou graças pela minha mãe, pela minha irmã, pela minha sobrinha. Dou graças pela minha amiga A. Dou graças pelo sol, pelo céu azul, pelas nuvens brancas de algodão. Dou graças pelas flores que nascem  nas pedras. Pelas árvores que chegam ao céu.
Dou graças pela vida.

5 comentários:

Lúcia Soares disse...

Isabel, acabei de falar pra minha filha (aqui são 18h) que queria ter ido à missa hoje. E falei exatamente isso: preciso tanto dar graças!
Uma boa semana para você.
Beijo!

Beth/Lilás disse...

Isabel!
Concordo plenamente contigo, acho que este feriado americano é uma coisa linda e marcante. Parar um dia pelo menos na vida para dar graças pelo que recebemos. Todos devíamos copiar este feriado dos americanos, ao invés dos enlatados ou idiotices, né mesmo?
bjs cariocas

Cláudia M. disse...

:)

Noémia disse...

Tens razão, Isabel, às vezes as pessoas reclamam imenso da vida, do que não têm, do que correu mal, da desilusão e esquecem tudo o que têm e o que deu certo.
Todos os dias, logo pela manhã, agradeço a Deus todas as graças que me concede. :)

Anónimo disse...

E é algo tão pequeno agradecer pelo menos um pouco, temos que acreditar mais e ter mais humildade. Muito bonito o texto.