quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Gigantes - I

Martin Luther King

Rosa Parks
Eu não tenho ídolos, apenas admiro muitas pessoas por variadíssimas razões. Umas pelas suas personalidades, outras pelas suas acções, umas por terem mudado o mundo para melhor, outras por terem criado coisas maravilhosas. São tantas as pessoas que admiro que não caberiam num post só. Hoje fico-me por aqui e não me parece pouco.
Martin Luther King, dispensa apresentações, lutou toda a sua vida pela igualdade e morreu por causa da sua luta. Um dos textos mais inspiradores de sempre é de sua autoria: o famoso I have a Dream.
E depois temos Rosa Parks, que num dia em que estava especialmente cansada, decidiu que tinha direito a sentar-se no autocarro, como qualquer pessoa cansada deste mundo. Não cedeu o seu lugar da frente do autocarro a nenhum branco como a lei previa. Não pensou que a sua acção fizesse nascer o bloqueio aos transportes públicos por todo o sul dos Estados Unidos, nem o fez com esse objectivo, mas o que é certo é que essa pequena grande acção mudou o mundo e ele ficou bem melhor.
São apenas dois exemplos de pessoas que admiro. Mas mais virão.

5 comentários:

ameixa seca disse...

Tens muita razão mas ainda falta tanto para mudar. Infelizmente ainda existe discriminação!

Cláudia M. disse...

De facto, não é pouco.
São duas pessoas extraordinárias, que fizeram muito para que o mundo mudasse para melhor, para acabar com injustiças aberrantes e inconcebíveis.

Muito há ainda a fazer, mas há sempre quem se destaque e dê muito de si para transformar o mundo. É pena é que haja tb tantos que parece só pensarem em destruí-lo.

Mas, se cada um de nós conseguir fazer um pouquinho que seja, as coisas vão mudando, por mais devagarinho que essas mudanças se dêem. (Yes, we can!) Ficarmos de braços cruzados é que não resolve nada.

Inside me disse...

I have a dream ... e lutou por ele, tal como Rosa Parks.
Rosa Parks não foi a primeira, e podia muito bem ter desistido e ter-se levantado, mas se tivesse desistido tudo teria ficado na mesma.

São Gigantes porque não desistiram dos seus sonhos e fizeram de cada dia um dia de luta por eles, aquele pequeno grande passo que faz a diferença para os Gigantes.

Heloísa disse...

Isabel,
São duas pessoas admiráveis.
Há alguns anos eu assisti o filme sobre a história da Rosa Parks. Maravilhoso!
Não lembro o nome do filme. Você o assisitiu?
beijos

Isabel disse...

Heloísa, não, nunca vi esse filme. Deve ser interessante.
Obrigada pela dica.
Bjs