quarta-feira, 9 de junho de 2010

Nem a Vanity Fair resiste

O Cristiano Ronaldo na capa da Vanity Fair?! Não é possível. A Vanity Fair é conhecida pelas suas capas cheias de classe, estilo e bom gosto. E o Cristiano Ronaldo é conhecido por jogar muito bem futebol, mas também pela sua total e absoluta falta de gosto.


Pois é. Parece que nem a Vanity Fair resiste ao apelo do futebol, dedicando a sua edição de Junho ao Mundial da África do Sul e colocando na capa ninguém mais que CR e Drogba em roupa interior com as cores nacionais dos respectivos países (muito feia, diga-se).

Nunca o CR pensou. E para ser verdade, nem eu.

3 comentários:

Heloísa disse...

Isabel,
Parece que o futebol pode e consegue tudo, mesmo.
Beijo.

Beth/Lilás disse...

É, minha amiga, o dinheiro manda muito hoje em dia!
Também não gostei da cor da outra.
bjs cariocas

Abóbora Amarelinha disse...

Ò desculpa lá Isabel, então olha:
Classe não lhe falta, pelo menos 4 ( quarta classe).
Estilo não lhe falta, já resparas-te no estilo dele de (despreso) quando passa pelos adeptos que gritam por ele.
Bom gosto, tem bastante, pode é não ser dele.
Já estou como as galdérias, para ver roupa interior daquela, antes quero vê-lo com a pizza familiar á mostra, (palavras de uma galdéria sobre o tamanho).
beijinhos e bom dia de Portugal