quarta-feira, 22 de junho de 2011

Vamos ao cinema?


Cinema Paraíso, Giuseppe Tornatore

Depois dos livros, os filmes. Quando participámos no questionário sobre livros, a Moira sugeriu que poderíamos fazer uma coisa parecida com cinema. Achei a ideia interessante e comecei a pensar num questionário sobre os filmes que nos marcaram.
Quem quiser levar, esteja à vontade. E mesmo se quiserem fazer alguma alteração ou acrescentar alguma pergunta que achem pertinente, façam o favor :)


1. Existe um filme que nunca te canses de ver?

Nunca me canso de ver África Minha (Out of Africa), de Sydney Pollack, com os maravilhosos Meryl Streep e Robert Redford (lindo de morrer neste filme).

2. Algum filme te fez abandonar a sala de cinema a meio da sessão?

Sim. Fui ver Veludo Azul (Blue Velvet) de David Lynch com a minha irmã e lembro-me que saímos a meio do filme. Eu era muito novinha e acho que a minha irmã achou que era demais para mim, rsrs

3. Se escolhesses um filme para ser o filme da tua vida, qual seria ele?

É difícil escolher, mas talvez O Piano, de Jane Campion.

4. O que achas do cinema nacional?

Apesar de admirar imenso Manoel de Oliveira, um homem com uma carreira magnífica, premiada e longa (o senhor tem 102 anos e ainda filma), não consigo gostar dos filmes dele. Vi apenas dois, mas apesar de terem uma estética interessante são na minha opinião muito lentos e essa quase ausência de acção não me entusiasmou a ver mais nenhum.
Confesso que o cinema português não me faz muito ir ao cinema, por isso talvez tenha perdido obras bastante interessantes, como me disseram ser O Filme do Desassossego, de João Botelho. Vou tentar mudar a minha atitude.

Cinema Paraíso, Giuseppe Tornatore
 5. Qual a cena mais bela e inesquecível que alguma vez viste num filme?

Em Cinema Paraíso, a sequência das cenas censuradas no passado e, como não podia deixar de ser, a cena do passeio de avião em África Minha.

6. Qual o ator ou atriz que te faz ir ao cinema?

Não perco um filme com Meryl Streep. Adoro-a. Mas há imensos atores que me levam ao cinema como Paul Giamatti, Ralph Fiennes, etc.

7. Tens algum autor/realizador preferido?

Gosto muito da humanidade de Clint Eastwood, do sentido de humor e da visão do mundo de Woody Allen, da sensibilidade de Jane Campion e tantos outros.

Cinema Paraíso, Giuseppe Tornatore
 8. Indica alguns dos teus filmes preferidos.

Um dos meus filmes preferidos de sempre é Uma História Simples (The Straight Story) de David Lynch, quando ele deixou de lado aquele seu surrealismo tão característico e se centrou no essencial. Lindo, lindo de morrer. Na minha lista também cabem O Piano, de Jane Campion e As Pontes de Madison County, de Clint Eastwood e Cinema Paraíso de Giuseppe Tornatore.

9. Qual o último filme que viste?

No cinema A Minha Versão do Amor (Barney's Version). Em casa um filme de 1983, Os Amigos de Alex (The Big Chill). Adorei ver o Kevin Klein tão novinho.

7 comentários:

Moira disse...

Gostei de ler e temos um filme em comum :) mas não vou desvendar já.
Sexta ou Sábado ponho mãos à obra, que amanhã não terei tempo e hoje já estou cansada.
Bj e bom feriado

Beth/Lilás disse...

Isabel!
Eu vi praticamente todos estes que você falou e também adoro C.Westwood, Meril Streep e Woody Allen, aliás, ontem fui ver o seu último e sai de lá nas nuvens. Fiz um post sobre o mesmo lá no blog.
Vale a pena ver Meia noite em Paris.
bjs cariocas

Pati disse...

Oi Isabel! Que delicia voltar aqui no seu blog e me deparar com esta sua "entrevista". Alguns filmes já assisti como O Piano, mas também agora tenho várias boas dicas de filme para assistir!
Um beijo
Pati

Lúcia Soares disse...

Isabel, filmes lindos você citou.
Cinema Paradiso e O Piano são ótimos, inesquecíveis.
As pontes de Madison, lindo!
Assisti "mil" vezes o filme Moulin Rouge, com Nicole Kidman. Outro lindo, Sob o sol de Toscana, com Daiane Lane.
Há inúmeros filmes inesquecíveis na minha lista. Gosto muito dos românticos e de comédia.
Um filme que não me canso de assistir: A Noviça rebelde.
Beijo!

Cláudia M. disse...

Com que então, irmã castradora... :))
O mais engraçado é que só me lembro vagamente dessa situação. Lembro-me que mais tarde vi na tv e gostei.
Agora um que me lembro mesmo de ter detestado e ter saído a meio foi o "Sapatos Pretos". Nunca me senti tão mal a ver um filme, tinha cenas de uma violência que achei mesmo insuportável.
Quanto aos filmes da vida, temos muitos parecidos. África Minha é uma paixão, posso ver mil vezes e não me canso. Cinema Paraíso, Uma História Simples, são absolutas maravilhas. E mais não digo, pq tb vou responder às questões. :)

Moira disse...

Missão cumprida, isto foi mais difícil do que eu estava a pensar :)

Dani disse...

Olá querida!

Vim dar um alô porque leio o blog no Kindle (Google Reader) e lá não posso comentar!
Ando sem folga há 3 semanas, uma loucura... De um extremo a outro.
Meu filme predileto é "Blade Runner", mas há muitos e muitos que amo, uns pela cinematografia, outros pela história, outros por tudo.
Mas "Blade Runner" pressupõe para mim tudo que é o cinema - cinematografia, música, narrativa, tudo por de mais excelente. Um filme que a cada vez que o assisto - e já se vão mais de 40 vezes, houve uma época em que o vi todos os dias, por duas semanas -, enxergo algo diferente. Está tudo lá, tudo a respeito de sermos humanos.
Um beijo grande!