sexta-feira, 6 de março de 2009

Sugar and spice

What are little girls made of? Sugar and spice and all things nice.
That is what little girls are made of.

Rima inglesa inspirada na princesa de Portugal, Catarina de Bragança, que se tornou rainha da Inglaterra ao casar com Charles II, no século XVII. A rainha Catarina era baixinha, muito bondosa e paciente e o seu dote foi pago em açúcar e especiarias.
Açúcar e especiarias eram muito valiosos, valiam ouro. Para além de todo o valor comercial que tinham na época, as especiarias orientais vieram enriquecer muito a culinária europeia. O gengibre, por exemplo, é agora usado em imensos pratos europeus e principalmente em doces típicos europeus. O mundo dá muitas voltas não é?

E isto tudo vem a propósito de quê? De muffins, claro. Adorei a experiência dos muffins e voltei a fazer no passado fim-de-semana. Gosto não só do resultado final, como de todo o processo de preparação. É calmante e anti-stress. Um bom substituto para os ansiolíticos, não acham?

A preparação dos muffins é sempre a mesma: juntam-se primeiro todos os ingredientes secos, faz-se um buraco no meio da massa e deitam-se os ingredientes líquidos. Mexe-se tudo de forma rudimentar com uma colher de metal e já está. É super fácil.

Desta vez fiz de banana e gengibre. Qualquer coisa com banana é sucesso garantido e o gengibre dá aquele gostinho especial. Uma delícia feita de sugar and spice, and all things nice.

Ingredientes:

300 g de farinha com fermento
1 colher de chá de gengibre em pó
115 g de açúcar mascavado
75 g de gengibre cristalizado finamente picado
60 g de manteiga sem sal
2 colheres de sopa de mel
125 ml de leite
2 ovos
240 g de banana esmagada

De todos estes ingredientes só não usei o gengibre cristalizado porque achei que tinha um preço imoral e porque a crise chega a todos! Então, aumentei um pouquinho a dose de gengibre em pó, para 1 colher e meia. Agora, no meio disto tudo só há um problema. Os meus muffins nunca ficam gordinhos como os das fotos do livro Le Cordon Bleu.
Será que alguém me pode explicar porque o meus muffins não crescem?

9 comentários:

pepita chocolate disse...

Fiquei com agua na boca! e tão perto do almoço... mas um lanche já marchava!

Bjs

Heloísa disse...

Isabel,
Sabe que nunca fiz muffins?
Esse seu interesse está me motivando a fazer. E esses, com banana, devem ser bem gostosos.
Beijos

Abóbora Amarelinha disse...

Olha linda, eu sempre ouvi dizer que o leite não deixa levedar, por isso quando uma receita leva leite, tem que se dividir com agua, eu como não sou uma grande fazedora de doces (com muita pena minha) só sei fazer o básico, não sei se é verdade se é mentira.
Beijinhos e bom fim de semana

Inside me disse...

Muffins... muffins... muffins... eu quero muffins...

.. guardaste alguns?... ou já comeste todos os com "sugar and spice, and all things nice".

Acho que vais ter que reclamar com a farinha ... esqueceram-se do fermento... LOL... acrescenta á parte... mas que percebo eu de culinária ;-P

beijos... e quero muffins não te esqueças... queres pipocas? ;-P

Bom fim-de-semana

ameixa seca disse...

I'm a little girl :)
E os muffins também são pequeninos e são deliciosos. Não sei porque não ficam gordinhos, mas para a próxima deita-lhes uma colherzinha de fermento em pó :)

Cláudia M. disse...

Eu só sei que estavam deliciosos, o resto são pormenores... e aí na foto parecem mais pequenos do que estavam na realidade.
Acho que deves continuar. Estes ainda ficaram melhores que os de maçã. Quais são os próximos? Sabes que eu preciso de chegar aos 65 (quilos)...
Trabalha lá nisso, que eu ando sem tempo até para fazer bolos!

Cláudia M. disse...

Esqueci-me: a foto de Lisboa está liiindaaaa!! Eu tb amo Lisboa! Mas Alverca tb é fixe... à sua maneira...

Claudia disse...

Isabel,

Muffins são diferentes dos bolinhos pequenos que se vê pela aí, os tais cupcakes. Muffins tem uma massa mais seca e mais dura. Eu acho que você pode tentar substituir a farinha fermentada por farinha de trigo normal e adicionar fermento em pó, uma colher de chá seria suficiente para uma receita com duas xícaras de farinha. Mas muffins são mais massudos mesmo, crescem pouco.

Só para lembrar que no século 17 a parte do dote paga em açúcar foi o Brasil que pagou! Nossa ajuda para Dona Catarina arrumar um marido!!!!!

Beijos,

C.

Isabel disse...

Pepita, com esse nome, não me digas que também não fazes uns docinhos?

Heloísa, experimente com banana, que vai adorar!

Abóbora, eu segui a receita à risca, não sei o que fazer mais.

Inside, estes já foram todos, mas já fiz mais e envio-te uns pelo correio!!

Ameixa, vou experimentar!

Mana, olha o fácil é ganhar peso, difícil é perder!!! Brincadeira!

Cláudia, o ouro veio do Brasil, sim! Estiveram à espera que chegasse o barco do Brasil, para enviar Dona Catarina com o seu dote para Inglaterra! Mas a contribuição foi muito maior do que arranjar um marido para ela, foi a vossa ajuda para a nossa independência de Espanha. Foi com o ouro que veio do Brasil, que se pagou a ajuda de Charles II na guerra contra Castela.
Agora só posso dizer, obrigada!