segunda-feira, 1 de junho de 2009

Sol, curandeiro de almas

O sol, o grande astro que ilumina e aquece este nosso planeta. Como eu o adoro. Bastaram umas três horinhas na praia para energizar o meu corpo e iluminar a minha alma. A vitamina D é realmente muito poderosa. Nesta época do ano a água ainda está muito fria, por isso o banho ficou-se pelos pés!! Mas o sol, a areia, a brisa quente no corpo e as boas conversas fizeram o seu serviço e eu voltei para casa mais animada.

Outra coisa maravilhosa desta época do ano são as cerejas. Frutas maravilhosas com sabor a verão. Este domingo, retomámos o hábito do almoço de domingo em família depois de um intervalo de duas semanas, e eu fiquei encarregue das frutas e sobremesas. Tinha pensado fazer os suflêzinhos lindos da Cláudia, mas com o calor abrasador que estava, resolvi fazer antes uma panna cotta bem fresquinha para servir com frutas de verão: cerejas e mirtilos.



Nunca tinha comido panna cotta com mirtilos e amei a mistura. Com cerejas também é divinal. Ai, foi de lavar a alma.

O Granizado da minha irmã para o dia rosa ainda veio viajar até Lisboa e que bem que soube com o calor que estava!



Então é assim, sol, frutas de verão, panna cotta bem fresquinha (24 horas no frigorífico) e a família reunida, foi a receita perfeita para curar o meu desânimo. Foi-se.

20 comentários:

Maldonado disse...

Eu também gosto de sol, mas com moderação, daí estar ansioso pela época de praia. :)

Heloísa disse...

Isabel,
Que perfeito!
Sol, praia, almoço em família, pana cotta e frutas.
Não há desânimo que persista.
E o post está lindo! Adorei as colagens.
Beijos

Cláudia M. disse...

Uau, este post está lindo, super colorido!

Realmente não há nada para repor as energias como um solzinho e uma boa comidinha...

Estás perita em panna cota, que delícia! Estou muito orgulhosa da minha irmã gourmet :):)

Isabel disse...

Maldonado, eu também tenho que ter muita moderação, principalmente nos primeiros dias. No sábado levei três protectores diferentes para a praia, hihi, coisas de gaja!

Heloísa, foi um fim-de-semana muito bom, mesmo! Em relação às colagens vamos aprendendo a fazer sempre melhor, né? Estou fã de colagens, já não passo sem elas.

Mi hermanita, olha quem fala! Pronto, está bem, somos duas manas gourmets!

Cláudia M. disse...

Digo, panna COTTA.

Acho que nos deixámos inluenciar pelas cotas da menina Ameixa...

Por falar em Ameixa....., arre, que já enjoa tanta taça para o FCP! eheheh

ameixa seca disse...

Tudo menos sol... ando com a mioleira em água e já não aguento mais! Pá na cota sim, muitas e fresquinhas. Faltam-me é os €€€ para comprar os mirtilos :)
Devo ser a única que fica sem energia mal apanha um bocado de sol e tenho que me besuntar toda com protector solar antes de sair de casa... eu dava-me tão bem na Escandinávia :)

Raquel Mendonça disse...

Olha, também estou com o bom humor que o sol nos traz (apesar de estar morrendo de calor!!!) Aproveito a espiadela no seu blog para inspirar e me render aos prazeres das deliciosas cerejas! beijos e desde aqui te desejo um maravilhoso verão!!

Isabel disse...

Ameixa, acho que a escandinávia é uma óptima opção. Países super civilizados e ouvi dizer que os homens escandinavos são de óptima qualidade! Mas eu não aguentava os invernos!!
Já viste a minha irmã a meter-se contigo. Eu apoio-te: viva o FCP, só não gosto é do Pinto da Costa!
Bjs

Raquel, uma brasileira a queixar-se do calor? É um calor diferente, não é? Olha come muitas cerejas fresquinhas, porque são uma maravilha. E um verão maravilhoso para ti também.
Bjs

Pati disse...

Adorei a dica! Estou namorando as cerejas já há um tempinho mas ainda nao comprei! Vou comprar agora!
EStou amando o solzinho que dia sim dia não está fazendo por aqui!
bjs e obrigada pelos lindos comentários que vc deixa no meu blog!
Pati

Tangerina disse...

Isabel,

Realmente ás vezes são as coisas simples que mais nos animam... ;)

Beijinhos e Boa Semana,
Carlota

ameixa seca disse...

Isabel, o Fê Cê Pê é mais que o Pinto da Costa. O todo é sempre maior que a soma das partes :)
Ó Cláudia, a isso se chama dor de cotovelo he he

Isabel disse...

Pati, as cerejas aqui são sinónimo de verão. Quando chega o calor é a melhor coisa do mundo, mas atenção que nem todas são doces, tenta experimentar, antes de comprar, aqui às vezes os vendedores não se importam q a gente prove!!

Carlota, tens toda a razão, o melhor da vida são quase sempre as coisas simples!

Bjs

Cláudia M. disse...

Dor de cotovelo, eu? ahahah

eu nem sequer tenho clube! já tive, mas isso foi há mtos anos. Agora detesto futebol, não suporto o mundo do futebol, e tenho raiva de quem gosta eheheh :)

e acho que no FCP há uns "morcões" mto arrogantes e convencidos, desculpa lá que te diga, ó Ameixa Maria :):)

ah, e odeio claques, sejam de que clube forem, super-dragões, noname boys, seja lá o que for. Agora a sério, acho que grande parte desse pessoal das claques são um bando de arruaceiros, e os confrontos e ofensas estúpidas entre eles ainda me fizeram detestar mais todo esse "mundo da bola".

Bem, tenho que pagar à minha irmã o aluguer do espaço aqui no blog. Qto é por linha, maninha?

Mary disse...

Olá, Isabel! O desafio é muito giro e também podias participar! Olha, com uma receitinha do género da panna cotta branquinha, por ex...hehehe:)
Beijókas fofas*****

Intruso disse...

isso é q foi lavar a alma...

bjs

Isabel disse...

Tás a abusar, tás! Vou começar a cobrar mesmo!

Olá Mary, obrigada pelo convite, vou pensar e depois digo-te alguma coisa. Bjs

Olá intruso, achei piada ao nome!
Já fui espreitar os teus blogues e gostei, principalmente do Mercado de Rua pela selecção de fotos, mas não consegui deixar comentário.
E tens razão, lavei a alma sim.

Claudia disse...

Isabel,

Se tem alguém que conhece os benefícios morais do sol, sou eu. Me faz um bem louco. Mas eu sempre me cuidei e hoje não tenho a pele nem enrugada, nem com manchas de excesso de sol. Ainda muito jovem eu já protegia a pele apesar das longas horas ao sol. Longas mesmo. Hoje quase não uso mais protetor solar, não aqui, pois o sol aqui não me pega, impressionante. Sol mais fraco, será possível? Proteção eu uso quando vou mais ao sul...

E a postagem tá linda. Tuas panninhas estão uma beleza e devem estar uma delícia. Adoro panna cottas com frutas. Mas já comentei uma vez, eu já não estou mais fazendo tantas "panna cottas", mas "leite cottas" pois estou substituindo o creme (natas) por leite desnatado o que faz a sobremesa muito mais leve e além disso muito mais baratas. Aqui um litro de natas custa 3 vezes o preço do litro de leite. Enfim, dois benefícios e eu acho que o sabor fica a altura...

Beijo,

C.

Isabel disse...

Cláudia, talvez o sol não queime aí porque a temperatura não sobe muito. No dia em que fui à praia a temperatura máxima foi 32ºG. Estava muito calor e ao meio-dia e meio nós fugimos porque estava a ficar quente demais para a minha pele! Eu sou muito branquinha! Tenho falado com algumas brasileiras que vivem em Portugal e elas dizem que o calor aqui é muito diferente do calor brasileiro, porque aqui é seco. Eu antes pensava que calor era igual em todo o lado, mas parece que não!
Aí no norte o sol deve ser mais fraquinho, não?
Panna cotta sem panna, como se faz? Só com leite, açucar e gelatina? Fica menos calórico com certeza. É uma boa ideia para os meus pais que não podem abusar dos doces!
Bjs

Claudia disse...

Isabel,

Sabe que a umidade (humidade) faz a maior diferença. O calor seco é uma intolerável do que o calor úmido. O pior calor da minha vida eu passei na Grécia e fazia apenas 39C ou 40C enquanto no Rio eu enfrentei 43C em praticamente todos os verões da minha vida sem muito problema.

Olha, estou tentando controlar a quantidade de creme (natas) pois o nível de gordura é muito alto por isso faço os cremes com leite. Uso leite com 0,1% de gordura, ou seja, nada. Fervo o leite com a raspas de baunilha e açúcar. Adiciono a gelatina meio dissolvida em leite frio e levo para ferver novamente até dissolver. Uso 1 colher de chá de gelatina em pó para cada xícara de líquido, seja leite ou creme (natas). O sabor da baunilha fica uma maravilha mas dá para adicionar o que quiser ao leite. Cardamomo, casca de laranja, mel, chocolate etc...

Bj,

C.

Isabel disse...

Cláudia, pois é esse calor húmido deve ser muito diferente. Deve ser melhor. Olha, o maior calor da minha vida foi em Sevilha: 44º e eu ía morrendo! Era insuportável! Aquela sensação de não conseguir respirar, é horrível!

Eu também ponho baunilha na Panna Cotta, mas uma colherzinha de chá de aroma. Vou experimentar fazer sem natas um dia destes.
Este domingo quero fazer os teus suflês de goiabada. A temperatura baixou, está nos 22º e eu já consigo ficar perto do forno!!!!
Bjs