segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Jogos Olímpicos

Desde miúda que adoro ver os Jogos Olímpicos, apesar de eu própria não ter tido nunca nenhuma apetência para as actividades desportivas. Na escola as aulas de educação física eram um pesadelo: nos jogos morria de medo das bolas, na ginástica não conseguia fazer nada, enfim, uma desgraça. As únicas coisas que gostava de jogar era Badminton e Andebol.
Talvez por isso admire tanto os atletas olímpicos. A sua perícia, a sua coragem, o seu esforço e perseverança fazem-me admirar mais um pouco a raça humana.
Este ano os Jogos Olímpicos realizam-se na China e sem dúvida que a China merece uns quantos puxões de orelhas da Comunidade Internacional pelo seu comportamento em áreas como os direitos humanos e a situação do Tibete. Os países que governam o mundo já há muito tempo que deveriam ter agido contra a China, mas todos se encolhem perante o seu crescente poderio económico. Para mim, as Olimpíadas são um acontecimento mágico onde o Homem testa os seus limites e este ano aconteceu ser na China, um país onde muitas pessoas também são levadas aos seus limites mas da forma mais negativa (refiro-me ao trabalho infantil e às condições de trabalho em geral). Mas os Jogos Olímpicos não podem ser confundidos com os países onde decorrem, que são apenas meros cenários para um acontecimento tão magnífico. Quanto a mim neste momento só tenho pena de estar a trabalhar e não poder estar em frente à televisão a ver as minhas modalidades preferidas como os saltos para piscina e a ginástica.

3 comentários:

ameixa seca disse...

Pois é, era ver os grandessíssimos líderes mundiais nas bancadas aquando da abertura dos jogos... de bandeirinhas nas mãos. Se alguns enfiassem a dita... Aiii!
Eu adoro os jogos e tento ver o mais que posso. Felizmente temos uma boa cobertura televisiva. Mas ir à China assistir... não era capaz. A revolta era muita e a coisa não me ia correr bem ;)

Cláudia M. disse...

Também adoro os J.O., precisamente por essa faceta do ser humano a tentar dar o seu melhor. Só de imaginar as horas, dias, anos, que eles passam a treinar... é de louvar, mesmo que não ganhem as tão desejadas medalhas (irrita-me solenemente esta pressão com as medalhas; eles são bons, independentemente de virem medalhados ou não!). E acho que tens razão qto ao local: apesar de a China ter os problemas que sabemos, para mim esta tb não é a ocasião para lhes lembrar isso, há outras oportunidades (cimeiras, e o diabo a 4...); até porque há mta gente envolvida nos JO que até pode estar contra o regime, mas há que saber separar as águas. E não há como negar que a cerimónia de abertura foi simplesmente deslumbrante! Bjs

Cláudia disse...

Isabel, também fico encantada com as modalidades olímpicas. Minhas preferidas são ginástica olímpica, vôlei, handball, saltos ornamentais, etc... tudo é muito lindo mesmo.