quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Amizade impossível?

Nunca, em toda a minha vida (que já vai longa) consegui ser amiga de um homem. Estou a falar de amizade a sério. É claro que me dou bem com muitos homens, colegas de faculdade, colegas de trabalho, maridos/namorados de amigas, etc, mas amigo, mesmo a sério daqueles de poder telefonar a qualquer hora, de poder contar quase tudo (porque nunca se conta tudo a ninguém não é?), de poder contar com a pessoa para tudo, nunca tive nenhum. E sinceramente não conheço muitas mulheres que tenham um grande amigo. Acho mesmo que os homens não querem ter amigas. Como diz o personagem Harry do filme When Harry met Sally :

Harry - "Men and woman can't be friends."

Sally - "Why not"?

Harry - "Because of the sex. A man cannot be friends with a woman he finds atractive."

Sally - "So you are saying that a man can only be friends with a woman he doesn't find atractive?"

Harry - "No, he pretty much wants to nail her too!"


Será que eu tive que chegar aos 34 para perceber aquilo que as mulheres mais velhas sempre me disseram: que os homens são todos iguais?!!!!!
Pois, meus caros, fiquem a saber que perdem uma grande amiga.

14 comentários:

Inside me disse...

Acredito que perderia... por isso ainda aqui estou.

Inside me disse...

... e nem amigo sou.

Não acho uma amizade dessas impossivel, embora acho que não é facil... os homens são de marte e as mulheres de venus...

As amizades verdadeiras dão muito trabalho a construir... ou não dão trabalho nenhum, as verdadeiras retomam-se em qualquer instante... no ponto onde ficou, e sempre sem mentiras... puras, o que não é facil mesmo entre pessoas do mesmo sexo ...quanto mais...

Nada é impossivel desde que se acredite... que é possivel...

Se a "amizade" for levada com segundas intenções ai eventualmente pode tornar-se impossivel, não é por amizade...

...como muitos relacionamentos pessoais iniciam-se sempre com a dúvida...será por interesse, para uma voltinha?! A verdadeira amizade não aparece.

...e depois temos também o caso da "outra"... quem quer que o namorado, marido...etc tenha uma amizade verdadeira além da sua (se é que é) e vice versa.

Parece ser uma amizade impossivel... mas entre parecer e ser... resta o tentar...

Abraço

Cláudia M. disse...

Acho que tens uma certa razão. Quer dizer, eu acredito que é possível, e sei que é possível, haver uma amizade entre um homem e uma mulher, mas o que é certo é que, na prática, e infelizmente, isso não é assim tão comum.
Muitas vezes acontece mesmo o que retrata esse diálogo: pensamos que é amizade, e eles querem é "deitar a unha".
Não deve ser por acaso que eu só tenho amigas. O único amigo de que me lembro, o S. (lembras-te dele?) não tem atracção por mulheres... Será coincidência??
Moral da história: amigos, procuram-se!!

pepita chocolate disse...

Esta história de amizades entre homens e mulheres é tão complicada. podem existir grandes amizades destas. No entanto, chegará o momento que a atracção passa a ser demasiado sufocante para que a amizade permaneça. Ao longo da minha vida, tive grandes amigos homens e nunca sentimos nada um pelo outro. Excelentes confidentes e bons ouvintes, talvez porque eu também lhes proporcionava uma boa amizade. Nestes últimos tempo, houve uma excepção à regra, em que a amizade passou a uma paixão, que por ser proibida, passou a uma amizade à distância...por acordo mútuo!Por respeito!Para não acabar com uma amizade!
Concluindo, não há regras sem excepção.

ameixa seca disse...

Impossível não sei mas acho que é improvável. Já tentei muitas vezes... and they want to nail me too ;)
Há sempre uma alma que se deixa levar por algo mais que a amizade e nós... temos pena!

Maldonado disse...

Discordo, pois no universo masculino nem todos são rebarbados.
Eu já tive e tenho boas amigas, e nunca lhes saltei para a cueca. Depende de como se vai consolidando o relacionamento com a outra parte, pois tudo se define desde o princípio, sem se criar expectativas. Quando isso não acontece, aí é que se dá a situação que descreves.
Curiosamente sempre tive mais amigas que amigos, e elas chegavam a confiar mais em mim do que nos seus parceiros... Porque será?... :))

Brown Eyes disse...

É uma faca de dois gumes, porque se por um lado, um homem é o melhor amigo que uma mulher pode ter, por outro, podem exaltar-se outros interesses sensoriais e aí nada mais há a fazer.
Mas acho que com algumas regras bem definidas, se pode ter um homem como bom amigo.

BE

Claudia disse...

Isabel,

Cá estou a discordar! É o meu papel. Meus melhores amigos são homens, homens inteligentes, sensíveis, críticos, maravilhosos e especiais. Alguns gays, a maioria não, a maioria deles homens casados e felizes. Acho importante mencionar pois o lance da atração eventualmente acontece sim, e muito provavelmente não correspondida.

Amizade em geral é amizade apenas. Eventualmente amizade vira amor, vira sexo e volta a ser amizade depois. Ou não, neste caso deixa de ser o que nunca foi: amizade.

Eu tenho dois irmãos, cresci num prédio onde havia apenas meninos e sempre brinquei com garotos. Na escola as garotas eram péssimas comigo pois eu sempre tive bom trânsito com os meninos e gostava de jogar com eles. Durante toda a minha vida desenvolvi cumplicidade e relações de amizade com homens. Sempre vai rolar um desencontro. Mas aí pode ser com mulher também, não? Nunca nenhuma garota se apixonou por você? Enfim, um se apaixona, você não corresponde, ou vice e versa. Outro não. Levanta-se a cabeça e segue-se em frente. Se a amizade está na base, não deixa margem para perturbações, para ciúmes, pelo menos não deveria. As boas amizades sobrevivem a tudo.

Alguns dos meus melhores amigos foram meus namorados e se converteram em amigos. Outros nunca foram nada além de amigos, fui madrinha de casamentos e batizei filhos. Meus amigos homens sabem mais de mim do que eu mesma algumas vezes. Me lêem a distância, tem mais tempo e mais disposição do que minha amigas mulheres. Escrevo para eles coisas íntimas que não escrevo para elas. Estranho? talvez!?

Nunca perdi amigos por atrações não correspondidas, nem por corresponder a atração física do que teoricamente deveria ter ficado na esfera da amizade. Dá para dormir com um amigo e sair ilesa, feliz e rir junto do fato. E dá para ter um amigo e vê-lo como se fosse um irmão, alguém com quem você não consegue imaginar contato físico sem ficar envergonhada.

Você precisa tentar. Tente ser amiga de um homem, um homem inteligente claro, distinto, tente confiar admira-lo, tente confiar nele livremente, tente se entregar se rolar uma atração, aceite se não rolar atração, permaneça amiga mesmo se ele quiser ser mais do que um amigo, dê a ele um tempo, depois de tudo o que acontecer ou não acontecer. Acredite na amizade acima de tudo. Vai ser maravilhoso descobrir no final se você tem um amigo! Ele vai ser um grande amigo!

Aquela frase poderosa de um português poderoso, tudo vale a pena se a alma não é pequena. Chega de se proteger atrás de suas amigas mulheres. Corra o risco !

C.

Isabel disse...

Eu tenho tentado, mas não tenho conseguido. Talvez o problema seja meu. Este post foi mais um desabafo porque recentemente levei uma nega de amizade de um homem. Mas passando este "luto" eu vou continuar a tentar. Eu não sou de desistir.

Pipas disse...

É a tua opinião e concordo com ela.
Não vou pôr-me aqui com teorias porque só ia repetir o que aqui já foi dito, vou falar-te do meu caso pessoal.
Eu sou homem e tenho uma relação de amizade muito forte com uma rapariga e ela comigo, entre nós não há segredos e ambos nos ajudamos mutuamente, inclusivé já aconteceu isso como dizes de falar às tantas da madrugada para desabafar.
A nossa relação é mais forte em amizade do que fossemos irmãos, alias eu não tenho o à vontade que tenho com ela com os meus irmãos.
No entanto apesar desta "intimidade" entre nós, nunca nos olhamos um para o outro com o mínimo interesse fosse sexual ou de amor, até costumamos dizer que nós somos assexuados os dois.
Um dia pode ser que encontres um amigo assim, porque tudo vai das pessoas e da sinceridade delas.
Beijo

Psiquiatra Angustiado disse...

Parece-me redutor querer encontrar explicação para essa angústia e incapacidade, no facto de os homens não conseguirem ser amigos sérios de mulheres por quem se possam sentir atraídos.

Que conste que nem sempre os homens estão virados para promover contactos mais íntimos com figuras do sexo oposto. E que conste também que muitas vezes os homens procuram uma amizade verdadeira numa figura do sexo feminino quando o que ela quer é apenas saltar-lhe para dentro dos lençóis, ou no pior dos casos, para dentro da carteira.

Sim, é um estereótipo. Mas o que foi lavrado neste post senão um estereótipo?

É que o contrário é também verdadeiro. As mulheres não conseguem ser verdadeiramente amigas de alguém que não considerem minimamente atraente. E logo aí estão a desvirtuar qualquer possibilidade de uma relação de amizade mais séria.

Estereotipando: o costume de muitas mulheres é terem muito interesse em ser boas amigas dos bonitos, fashion, bem vestidos, com automóveis ruminantes e que saibam dar pontapés na bola; e interesse nenhum em ser amigo de um camefeu, que circule em autocarro da Carris, viva num quarto alugado na Brandoa e sirva à mesa numa marisqueira do Bairro Alto. Ainda que este último possa lá no íntimo ser bastante mais interessante do que o primeiro.

Não digo que seja por isso que não encontras uma amizade verdadeira em nenhum homem, mas acredita que há muitos destes casos.

Essa constrói-se quando existe verdadeiramente a capacidade de olhar para a pessoa como todo, e quando se está disposto a aceitar também aqueles por quem não nos sentimos sexualmente atraídos.

Os homens são todos iguais, têm todos apêndices similares. Mas lançar todas as culpas para o lado masculino é olhar apenas para um lado do problema.

Há o outro lado, é que as mulheres também são quase todas iguais a si próprias. E disto ninguém se lembra, porque é sempre mais fácil embarcar no estereótipo da figura masculina que só pensa em procriar e depois fugir como uma rena assustada.

Isabel disse...

Psiquiatra Angustiado (gostei do nome!), eu sei que não sou isenta de culpa nesta falta de amizades masculinas. Confesso que num momento de desgosto por ter sido rejeitada na amizade, por não querer nada mais, apelei para o esteriótipo. Sou humana: Socorro-me dos estereótipos quando preciso!!!! Apeteceu-me dizer mal dos homens, arrastar o nome de todos pela lama, porque não podia arrastar aquele nome em particular. Tive que generalizar.
Que me perdoem os homens decentes.

Psiquiatra Angustiado disse...

Olá, Isabel, estás desculpada...

Cláudia III disse...

Gostava de saber como/onde é que a amiga Cláudia encontrou tantos homens Inteligentes, Sensíveis, Críticos, Maravilhosos e Especiais... só pode ser lá para os países nórdicos... por aqui estou convencida de que são uma raridade!!!