terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Reviver o Passado em Brideshead

Apesar de ser fã da série e de saber a história de trás para a frente, não resisti a ir ao cinema ver a versão cinematográfica de Brideshead Revisited, a adaptação do célebre romance de Evelyn Waugh. Sou completamente viciada nestas atmosferas britânicas e adorei perder-me nestes retratos da aristocracia decadente, na maravilhosa arquitectura de Oxford e de Castle Howard, a casa que serve de cenário à imaginária Brideshead.

Ficam na memória os maravilhosos personagens: a doçura e a fragilidade de Sebastian, o deslumbramento de Charles, a abnegação de Julia e a dureza de Lady Marchmain. Charles Ryder queria tudo, queria o amor de todos, queria a casa, queria a vida, queria tudo da fascinante família Flyte. Mas o povo tem razão quando diz que quem tudo quer tudo perde.
Ah, como a família Flyte me desprezaria por usar um provérbio popular. Não é absolutamente nada aristocrático.

4 comentários:

Inside me disse...

Fizeste-me reviver o passado... já foi á muito tempo que vi a serie ... devia ser um teenager

... já não me lembro bem da historia toda ... mas tenho ainda na memoria a interpretação e narração de Jeremy Irons ...

Obrigado pela sugestão.
Abraço

Maldonado disse...

Era miúdo quando essa série passou pela tv (na altura era só a RTP), mas nunca a cheguei a ver, mesmo depois em adulto... :(

Sofia disse...

Nunca vi, nem dantes nem agora :(

Pipas disse...

Lembro-me da série na TV mas na época achava-a "uma seca", mas agora fiquei com vontade de ler o livro e ver o filme.
Beijo