quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Mudar de vida

Muda de vida, se não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não podes viver contrafeito
Muda de vida, se há vida em ti a latejar


Quando era pequena sonhava com aventuras maravilhosas na minha vida de adulta. Nessa época eu desejava que a minha vida fosse um enorme filme do Indiana Jones. Cresci, e tornei-me uma adulta demasiado séria, a pessoa menos aventureira ao cimo da terra. Mudanças? Não. Deixa estar tudo como está. Pelo menos isto eu já conheço. Arriscar? Não. Deixem-me estar quieta aqui no meu canto.

Fiquei com muito medo de mudanças. Qualquer mudança era para mim um bicho de sete cabeças. Sentia a necessidade de mudar, mas não conseguia concretizar a mudança. Inventava mil desculpas, muitas delas válidas, para deixar tudo na mesma.

Desde há pouco mais de um ano estou a tentar mudar. Estou a tentar aceitar as mudanças, embarcar nelas sem medo do que elas me possam trazer. Arriscar, ainda é para mim muito difícil. Tenho medo do imprevisível. Mas agora já sou capaz de mudar, de fazer, de procurar aquilo que quero, apesar de os caminhos nem sempre serem fáceis.

Às vezes temos mesmo de mudar de vida.

10 comentários:

Luciana Håland disse...

Isabel, mudancas são sempre muito interessantes, claro, tem o medo do novo, mas compensa. Eu adoro uma mudanca, quando não são grandes mudancas mudo nem que seja o lugar dos móveis, procuro coisas novas para aprender, um estilo diferente de vida, um corte de cabelo novo.
Agora estou em busca de uma nova profissão, meio perdida ainda, mas de todo jeito preciso ainda aprender uma língua, o que já é uma mudanca.
Excitante! Palavra certa pra mudancas. Espero que a sua dê certo e que você seja feliz.
Beijo

Maldonado disse...

Compreendo esse teu receio, pois as mudanças mexem muito connosco. Porém, há que nos mentalizarmos que se não as fizermos, a nossa vida estagnará totalmente. E satisfação é sinónimo de morte...

Inside me disse...

"Arriscar, ainda é para mim muito difícil."

Não penses em arriscar, vive... e não penses demasiado.

Nem sempre as mudanças trazem algo de mau, trazem coisas diferentes, vivencias diferentes, novas experiencias... histórias para contar...

...não te deixes levar pela vida ...procura a vida a que aspiras...é a tua vida.

Não se trata de mudar a vida mas de vive-la, saborea-la... sem medos.

Beijo

Heloísa disse...

Isabel,
Acho que é meio difícil atravessar a existência sem ter que enfrentar mudanças. Somos levados a elas, e vamos nos adaptando.
Procurar mudanças, além dessas a que somos submetidos, é mais difícil. Mas, muitas vezes isso é necessário e, assim como enfrentamos as outras, saberemos enfrentar essas que resolvemos arriscar.
Lembra de um ditado antigo: quem não arrisca, não petisca.
Beijos.

Cláudia M. disse...

AVENTURA-TE! ARRISCA!



(Por tua causa, andei toda a tarde com esta música na cabeça... mas pode ser que sirva de mentalização para mim também...)

Abóbora Amarelinha disse...

Olha! eu mudei o hotmail...e cá estou eu.
bom fim de semana

ameixa seca disse...

A vida, por ela mesma, vai mudando e nós vamo-nos adaptando. O problema é quando a mudança é repentina. Somos seres de hábitos e é sempre difícil nova adaptação. O medo não é mau de todo... ele é uma defesa que nos permite sobreviver. Como tudo... se for exagerado é que não é bom :)
Força nisso!

Beth/Lilás disse...

Oi, Isabel!
Pois aprendi isso com meu marido.
Ele gosta de mudanças, de inovações e eu embarcom com ele sempre. Digo isso em termos de experimentar coisas difeentes, conhecer novos lugares, novas pessoas.
Mudanças muitas vezes são para melhor nas nossas vidas, pense nisso.

Deixei lá, alguns posts atrás um selinho para você, se quiser pode pegá-lo.

beijos cariocas e até breve!

Noémia disse...

Bom, se de faróis escrevi tanto, de mudanças nem vou começar senão dava um tratado!
Vê o que é melhor para ti, o que te faz feliz e depois muda se for caso disso!

Isabel disse...

Amigos, obrigada pelas vossas palavras. Eu estou a mudar em muitos aspectos e a descobrir novas facetas de mim mesma e estou a adorar!
Bjs a todos